Artigo - Rumo a 2021, com mais força e unidade

Dezembro, Natal, fim de ano. Neste momento, surgem os balanços, as avaliações, os desejos, perspectivas e projetos de futuro. É hora de refletir sobre nós mesmos, o mundo em que vivemos e o mundo que queremos. O ano de 2020 foi marcado pela pandemia da covid-19, ainda fora de controle. Uma nova onda de contaminação está em curso no país. Até agora, o saldo é devastador: milhares de vidas e empregos perdidos. Somado a isso um governo ausente e alheio ao sofrimento do povo.
 
O medo de uma contaminação por covid-19 e do desemprego esteve e está presente nas fábricas. Graças a uma atuação forte da diretoria, conquistamos acordos que preservaram muitos empregos. Também conquistamos a conscientização das empresas em relação a adoção de medidas de proteção. Em algumas, é verdade, a greve e denúncia ao Ministério Público foram necessárias.
 
Apesar disso, terminamos 2020 com conquistas importantes. Na Campanha Salarial, conseguimos garantir cláusulas que protegem o trabalhador dos efeitos nefastos da reforma Trabalhista e da terceirização indiscriminada. Também conquistamos vários acordos de PLR e manutenção de vários postos de trabalho. Atravessamos e conquistamos tudo isso juntos. A solidariedade foi marca constante tanto nas vitórias como nos desafios.
 
Em 2021 continuaremos em alerta em defesa dos nossos direitos, do nosso emprego e da nossa saúde. Vamos defender também a indústria nacional e uma política que incentive a produção e o emprego na nossa região.
 
Este ano deixou ainda mais claro que só unidos somos capazes de resistir e vencer. Para o ano que vem, vamos seguir no mesmo caminho de unidade e resistência, para juntos, vencer os desafios que nos forem colocados. Um bom e merecido descanso a todos e até 2021. Boas festas a todos.


Jorge Nazareno - Jorginho
Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região, membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) da Presidência da República e da direção nacional da Força Sindical