Buscar
Cadastro Newsletter
Redes Sociais
Acesso aos Editais

Skip Navigation LinksHome > Lista de Artigos > Artigo
Artigo - Esquenta a luta

“De 28 a 31 de agosto faremos mobilizações nas portas de fábrica para preparar os trabalhadores para uma nova fase de resistência contra o fim dos direitos sociais, trabalhistas e previdenciários da classe trabalhadora.

Neste período, chamado de “esquenta”, iremos divulgar o 14 de Setembro, Dia Nacional de Luta, Protestos e Greves contra o fim de nossas conquistas históricas.

É imprescindível a participação de todos os dirigentes e trabalhadores metalúrgicos, em todo o País, nesta luta em defesa dos direitos, empregos e trabalho decente e da retomada do desenvolvimento, com valorização da indústria brasileira e respeito à soberania nacional.

Outras categorias estarão na luta e as campanhas salariais deste semestre serão um grande desafio: nelas devemos atuar em conjunto, apoiando uns aos outros, a fim de evitar que a classe patronal tente impor itens da lei da reforma trabalhista às convenções coletivas.

Companheiros e companheiras: vamos resistir e avançar a luta pelos direitos populares e pelos trabalhadores!”.

Miguel Torres

 
presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM) e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo/Mogi das Cruzes e vice-presidente da Força Sindical

Agenda:


28 a 31 de agosto – Esquenta a Luta – divulgação e mobilização nas fábricas
14 de Setembro – Dia Nacional de Luta, Protestos e Greves contra o fim dos direitos
29 de Setembro – Plenária Nacional dos Trabalhadores do Setor da Indústria

Miguel Torres Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, Presidente da CNTM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos) e Vice-Presidente da Força Sindical