Buscar
Cadastro Newsletter
Redes Sociais
Acesso aos Editais

Skip Navigation LinksHome > Lista de Notícias > Notícia
Notícia - Rodoviários de Ananindeua e Marituba, no Pará, querem mais segurança no trabalho
Rodoviários de Ananindeua e Marituba, no Pará, querem mais segurança no trabalho

A direção do Sindicato dos Rodoviários de Ananindeua e Marituba, no Pará, participou nesta quinta-feira (11) de reunião com a Secretaria Municipal de Segurança Pública de Marituba para resolver o problema dos assaltos aos ônibus e agressões aos motoristas e cobradores.

Os profissionais cruzaram os braços nesta quarta-feira, após um fiscal ser espancado num ponto final de uma linha de ônibus, num bairro de Marituba. Huelem Ferreira Cunha, presidente do sindicato fala sobre o medo dos trabalhadores e reclama da falta de segurança, mas se diz otimista com o resultado da reunião.

De acordo com o sindicalista ficou acertado que os empresários do transporte instalarão câmeras de vigilância nos pontos finais dos ônibus e a Secretaria de Segurança se compromete a intensificar as rondas policiais nos locais onde ocorre maior incidência de assaltos.

Cleiton Miguel, vice-presidente do sindicato, ressalta o compromisso assumido pelo poder público e as empresas para a construção de estações rodoviárias nos pontos finais. “Única forma de não ficarmos á mercê dos bandidos”, diz.

Foi criado ainda um Fórum Permanente de Segurança, com participação de todos os setores envolvidos, para conter a violência aos trabalhadores e usuários do transporte público. Cleber Rezende, presidente da CTB-PA, reforça o papel fundamental do sindicato para resolver o problema.

“Nosso sindicato, após ampla mobilização da categoria dos rodoviários em Marituba, denunciando as constantes violências e assaltos aos usuários e trabalhadores do transporte público, conseguiu importantes resultados na audiência com as autoridades municipais e estaduais”, afirma. A próxima reunião do Fórum Permanente será na segunda-feira (15), às 14h30.

 


Fonte: Portal CTB - Marcos Aurélio Ruy - 12/01/2018
Comentários