Buscar
Cadastro Newsletter
Redes Sociais
Acesso aos Editais

Skip Navigation LinksHome > Lista de Notícias > Notícia
Notícia - Trabalhadores da Construção Civil param obras em São Paulo
Trabalhadores da Construção Civil param obras em São Paulo

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de São Paulo (Sintracon-SP) que tem como presidente o Antonio Ramalho, realizam greve nessa manhã em várias regiões da capital paulista.

A greve ocorre depois de várias negociações com os patrões que não chegaram a um acordo. O presidente Antonio Ramalho esteve hoje cedo em um canteiro de obras na Vila Andrade e ficou feliz em ver que os trabalhadores estão aderindo a greve.

"Inúmeros companheiros voltaram para casa e aderiram à greve. Entretanto, um coletivo de operários decidiu fortalecer a nossa luta e caminhar conosco de uma obra para outra. Passamos em cinco obras da Vila Andrade, localizada perto do bairro Morumbi", comentou Ramalho.

Reivindicações da negociação

- Aumento real (2%) aplicado sobre a correção correspondente à variação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) dos últimos 12 meses, garantindo o impedimento da redução dos salários;

- Assistência sindical no pagamento das verbas rescisórias e rescisão do contrato de trabalho sendo homologado pelo sindicato, qualquer que seja a duração do contrato;

- Representação/organização sindical nos locais de trabalho e participação ativa de convocação e realização das assembleias sindicais;

- As negociações coletivas não poderão reduzir, nem restringir direitos;

- Impedimento do trabalho intermitente, sendo garantido aos empregados o piso salarial da categoria;

- Proibição da mulher gestante em local insalubre e perigoso;

- Garantia e manutenção das cláusulas já conquistadas;

- Aumento de vale-refeição e vale-alimentação, bem como reajuste do seguro de vida.


Fonte: Redação Mundo Sindical com informações do Sintracon-SP - 16/05/2018
Comentários