Notícia - Sem VA e VT, trabalhadores paralisam obra em São Paulo

Nesta segunda-feira (06), na obra da construtora Vibra, localizada na Av. Prof. Edgar Santos, 714 – Vila Nhocuné, cerca de 70 trabalhadores cruzaram os braços por conta de algumas irregularidades relacionadas a empreiteira Neri, que presta serviços à majoritária.

De acordo com a equipe do Sintracon-SP responsável pela obra, a empresa ainda não pagou o vale-alimentação de dezembro e depositou apenas R$ 100,00 de vale-transporte na conta dos funcionários, o que não é suficiente para a locomoção de casa até o trabalho durante o período integral do mês.

Por esse motivo, os sócios que operam na obra convocaram o sindicato e por unanimidade concordaram em suspender as atividades do canteiro até que todos os problemas sejam resolvidos.

Segundo o presidente do Sintracon-SP, Ramalho da Construção, esta obra já estava em estado de greve, pois não é de hoje que vem dando trabalho ao sindicato.

Ainda de acordo com o presidente, a obra só retornará às atividades quando os vales forem pagos corretamente aos funcionários do canteiro. Ao contrário disso, ela permanecerá paralisada por tempo indeterminado.


Fonte:  SintraconSP - 13/01/2020


Comentários