Notícia - Nova Central reforça apoio à aprovação do PL 2564, do piso nacional da enfermagem

Nesta terça-feira (14/09) o presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores – NCST, José Reginaldo Inácio, juntou-se a outras lideranças nacionais do segmento Enfermagem para, em reunião no gabinete do senador Fabiano Contarato (Rede-ES), ampliar o apoio ao relevante Projeto de Lei (PL 2564/2020) que altera a Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, para instituir o piso salarial nacional do Enfermeiro, do Técnico de Enfermagem, do Auxiliar de Enfermagem e da Parteira.

“É de total relevância que este projeto seja mantido conforme ele foi apresentado pelo senador Fabiano Contarato, sob relatoria da senadora Zenaide Maia, texto que avaliamos como positivo às reivindicações da categoria. Juntos às demais lideranças sindicais, conclamamos a necessidade da pressão política pela base para que os senadores deliberem pela aprovação do PL como apresentado e que, além das honras declaradas, garantam dignidade aos profissionais da saúde nessa hora tão trágica por que passam. É fundamental que, ao tratar do piso salarial, que se garanta a jornada de trabalho de 30 horas. O senador Contarato e a senadora Zenaide sugerem que intensifiquemos as mobilizações, uma vez que o lobby contrário, principalmente empresarial, está muito forte, circunstância que pode estar atrasando a votação”, informou o presidente da NCST.

Projeto de grande apelo popular

De autoria do senador Contarato e com relatoria da senadora Zenaide Maia (PHS-RN) o PL 2564 aguarda votação em Plenário com grande força. Em consulta pública realizada no Senado, o apoio à aprovação do projeto superou marca de *1 milhão de apoios no Portal e-Cidadania* (veja). A expectativa dos senadores que apoiam o texto do projeto é de que a proposta possa ser inserida como prioridade na pauta de votações do Plenário do Senado Federal.


Fonte:  Imprensa NCST - 15/09/2021


Comentários