Artigo - Nazismo é crime

Mais uma vez, a internet entrou em choque com a fala do apresentador do podcast Flow, o Monark, ao dizer que deveria existir um partido nazista e as pessoas terem o direito de serem antijudeu.

Monark já mostrou que tem um conhecimento pequeno sobre o mundo e decorre de vários erros que acaba ofendendo uma parcela de uma população, como por exemplo, o exterminio de 6 milhões de judeus pelo regime nazista de Adolf Hitler.

O problema é que Monark acha que a liberdade tem que ser irrestrita e que eu posso defender o que eu quiser, sem nenhuma consequência.A fala do Monark ele comete crime de apologia ao nazismo que é previsto em lei, mas não foi somente ele que falou essa besteira.

O deputado federal Kim Kataguiri, que surgiu no MBL, que apoiou Bolsonaro com ligações com nazistas no Brasil e agora apoia o Sérgio Moro, concordou com o apresentador do Flow Podcast. Mas tudo isso é reflexo do presidente da República. A eleição dele abriu a porteira para esse tipo de pensamento retrógrado para ser educado no uso das palavras.

O crescimento de grupos neonazistas no Brasil é enorme nos últimos anos. Bolsonaro legitimou essas pessoas e seus discursos.

O estrago feito nesse país depois de 2016, o golpe, demoraremos décadas para reconstruir, é praticamente refundar o Brasil.


Manoel Paulo
Jornalista