Notícia - Metalúrgicas entregam absorventes e produtos de higiene pessoal à Casa Abrigo Beth Lobo

Todo o material arrecadado durante a Campanha "Outubro Rosa Solidário", promovida pelas Comissão das Metalúrgicas do ABC, foi entregue na manhã de ontem à Casa Abrigo Beth Lobo, em Diadema, que atende mulheres em situação de vulnerabilidade e vítimas de violência doméstica.

A entrega foi realizada no Sindicato e contou com a presença da vice-prefeita e secretária da Assistência Social e Cidadania de Diadema, Patty Ferreira, da primeira-dama da cidade, Inês Maria de Filippi, e da representante da Instituição, Valquíria Longo.

Este ano o foco da campanha foi a dignidade menstrual e a saúde íntima das mulheres em situação de pobreza.  Durante todo o mês de outubro, o Sindicato arrecadou absorventes e produtos de higiene pessoal nas fábricas da categoria.

A coordenadora da Comissão, Maria do Amparo Ramos, lembrou que o tema precisa ganhar mais visibilidade. “A pobreza menstrual que existe no nosso país é velada, não se fala sobre isso. As cestas básicas deveriam ter absorventes como item de primeira necessidade, já que uma a cada quatro meninas já faltou à escola por falta de absorvente. Esse tema precisa ser debatido, nós levantamos a discussão porque estamos inseridas na sociedade, não só dentro das fábricas”.

A dirigente destacou ainda que a Casa Beth Lobo é uma instituição séria que saberá encaminhar as doações para os projetos que atendem mulheres em situação de rua e vulnerabilidade.

O secretário-geral do Sindicato, Moisés Selerges, reforçou que a solidariedade é um dos valores mais importantes dos Metalúrgicos do ABC.

“Vivemos num mundo em que os patrões falam em meritocracia, querendo colocar na cabeça das pessoas que os problemas serão resolvidos individualmente, mas sabemos que para uma sociedade melhor, a solidariedade é essencial e um dos valores que mais dialoga com a nossa categoria. Essa campanha reforça que, se nos somarmos ao poder público, aos outros sindicatos e aos movimentos sociais, podemos tornar o país um pouco mais digno”.

Moisés afirmou ainda que além de absorventes, a cesta básica deveria vir com preservativos e livros.

A vice-prefeita e de Diadema, Patty Ferreira, também ressaltou a importância do item e de manter campanhas como essa. “Foi feito um estudo em Diadema que constatou que muitas adolescentes deixam de ir à escola porque não têm absorvente. A substituição por panos, papel e miolo de pão pode ser muito prejudicial. E esse é um item necessário todo o mês, por isso precisamos colocar a discussão sempre em pauta e manter campanhas de arrecadação”.

Campanha permanente

O Sindicato manterá durante todo o ano a campanha de doação de absorventes e produtos de higiene pessoal. Para doar, basta procurar o CSE na fábrica ou levar os produtos à Sede ou às Regionais.

 


Fonte:  Sindicato dos Metalúrgicos do ABC - 24/11/2021


Comentários