Notícia - Sindmotoristas realiza assembleia com os trabalhadores da Viação Transpass

O Sindmotoristas, por meio do secretário de Assuntos dos Trabalhadores do Setor de Manutenção, Nailton Francisco de Souza (Porreta), realizou na manhã de hoje (12), uma assembleia com os profissionais do setor da Viação Transpass – Matriz (Jaguaré), constatando um descontentamento dos trabalhadores.

“Pela quantidade de reclamações colhidas, esta foi a lamentável impressão que tive. Se depender da chefia, gerência e do patrão da empresa, estes profissionais permanecerão no regime de exploração, perseguições e falta de reconhecimento profissional. Muitas das demandas foram apresentadas e aguardam uma solução desde o dia 31 de outubro de 2019, quando o sindicato protocolou uma pauta de reivindicações, não obtendo o devido retorno do patrão”, afirma.

Em total desrespeito ao aditivo Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), assinado durante a pandemia de Covid-19, entre o SindMotoristas e SPURBANUSS que garante a manutenção dos postos de trabalho, dezenas de pais de famílias foram demitidos e suas vagas não foram preenchidas. Situação esta que sobrecarrega os que permaneceram na ativa, muitos com acúmulo de funções, porém, sem receber o salário correspondente.

Nas questões de saúde e segurança no trabalho, Nailton relatou que será feito um “Mapa de Risco” com o apoio dos Cipeiros para que sejam cobradas das empresas as cláusulas de melhorias do ambiente de trabalho como: Valetas, Borracharia, Instalações Sanitárias, Refeitório e Vestiários, Apoio de Veículos, Cursos de Capacitação Profissional, Ferramentas entre outras.

“Não hesitaremos em adotar todas as medidas que forem necessárias para proteger os direitos da categoria. A defesa dos nossos direitos, do salário real, das condições de trabalho, do próprio emprego, estão em nossas mãos. Só com organização, mobilização, unidade, apoio na base e muita luta, superaremos todos os percalços. Por isso contamos com a colaboração de todos”, afirmou Nailton.


Fonte:  Sindicato dos Motoristas de São Paulo - 13/01/2022


Comentários