Notícia - Lula diz que reforma trabalhista é de mentalidade escravocrata

Neste 13 de maio, dia que a escravidão foi abolida no Brasil, no papel, o ex-presidente Lula participando do evento Sindmais na tarde de ontem (12) falou sobre o que ele pensa da reforma trabalhista.

"A mentalidade de quem fez a reforma trabalhista, a reforma sindical, é a mentalidade escravocrata, de quem acha que sindicato não tem que ter força, não tem representatividade. No mundo desenvolvido em que você tem economia forte, você tem sindicato forte, em qualquer país do mundo. Se você tiver economia forte você tem sindicato forte", afirmou o ex-presidente.

Lula já vem criticando a reforma trabalhista há algum tempo e disse que se for presidente ela será alterada para adaptar a modernidade e sem tirar direito dos trabalhadores.

Durante a sua fala, o ex-presidente mais uma vez falou sobre inserir o pobre na economia, assim como ocorreu nos oitos anos em que ele foi presidente.

"Tem duas coisas que temos que ter certeza e que vale para os dirigentes sindicais, para o presidente, para os empresários e para os trabalhadores: precisamos conquistar credibilidade, para que as pessoas acreditem naquilo que a gente fala, e precisamos ter previsibilidade. Ninguém pode ser pego de surpresa toda noite", disse.



Fonte:  Redação Mundo Sindical - Manoel Paulo com informações da Folha de São Paulo / Foto: Ricardo Stuckert - 13/05/2022


Comentários