Notícia - CTB repudia demissões arbitrárias e injustificadas da Bridgestone na Argentina

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) se manifesta em apoio aos trabalhadores da fábrica de pneus Bridgestone da Argentina e ao Sindicato dos Trabalhadores em Pneus (SUTNA). A empresa realizou dezenas de demissões de forma abusiva que necessitam ser anuladas. Como é de conhecimento público, as demonstrações financeiras da empresa seguem apresentando fartos lucros.

As demissões colocam em prática a intenção expressa da Bridgestone de aumentar sua produtividade unicamente à custa de um maior esforço dos trabalhadores, sem qualquer inovação tecnológica, depois a fábrica da empresa foi autuada pelo Ministério do Trabalho da Argentina e pela Superintendência de Riscos Laborais em razão de más condições de trabalho verificadas.

A empresa age de forma inaceitável, procurando impor-se através de políticas ao estilo da extrema-direita, que infelizmente neste momento assolam toda a Argentina, tentando fragilizar as condições e o moral dos trabalhadores. A luta dos companheiros argentinos é essencial para impedir o avanço dessas políticas prejudiciais aos trabalhadores e merece toda nossa solidariedade. Juntos somos mais fortes.


Fonte:  Portal CTB - 09/02/2024


Comentários

 

O Mundo Sindical e os cookies: nós usamos os cookies para guardar estatísticas de visitas, melhorando sua experiência de navegação.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.